ÁREAS DE INVESTIGAÇÃO EM CURSO

 

Dessulfurização de HFO

Emulsão de Fuel

Monitorização da Condição de Cilindros

Desempenho Naval & Big Data

EXPERIÊNCIA EM R&D

Em reconhecimento à excelência em engenharia, fornecimento de soluções inovadoras e experiência aprofundada dentro da empresa, a TecnoVeritas é regularmente convidada a participar em projetos de I&D. Em colaboração com parceiros industriais, instituições educacionais e universidades espalhadas pelo mundo, a TecnoVeritas desenvolve tecnologias de inovação e ferramentas para futuros desafios.

 

A TecnoVeritas é uma empresa renomeada pelo Estado Português como uma empresa com experiência na área de R&D.

SISTEMA DE DESSULFURIZAÇÃO | 2016 – ATUALIDADE

Devido à regulamentação restritiva sobre o teor de enxofre, à falta de combustível com baixo teor de enxofre no mercado (cujos preços aumentaram) e à necessidade de restringir as emissões de SOx causadas pela oxidação do enxofre no combustível (também verificado nas indústrias costeiras) era urgente encontrar uma solução para este problema.

 

Com esta solução inovadora a ser desenvolvida pela TecnoVeritas, os utilizadores podem reduzir o teor de enxofre do seu combustível para níveis permitidos pelas regulamentações, ao mesmo tempo que mantém as suas características desejáveis ​​(térmicas, físicas e químicas).

REFRESH – FP7-285708 | 2012 – 2015

A TecnoVeritas foi parceira do Projeto FP7 REFRESH. REFRESH aborda os aspectos de adaptação essenciais para melhorar a eficiência energética a bordo. O conceito central do REFRESH é modelação da energia dinâmica, por exemplo, a simulação da produção de energia, o consumo e a perdas ao longo do tempo. Esta ideia será implementada numa ferramenta de suporte de decisão que permitirá que o pessoal a bordo e em terra monitorizem a performance do navio e a adotem práticas apropriadas em função do seu perfil operacional.

 

Os principais objetivos do REFRESH passam pela otimização da eficiência energética e as emissões gasosas para montagem à posteriori e o desenvolvimento de uma metodologia de monitorização e de gestão de operação.

HISMAR – FP6-012585 | 2005 – 2008

TecnoVeritas foi parceira do Programa EC Frame work 6, HISMAR (Hull Identification System for Marine Autonomous Robotics). Este projeto oferece os meios para efetivamente e eficientemente para realizar a manutenção e inspeção do casco, melhorando a segurança potencial do navio.

 

A limpeza do casco assegura que o navio mantenha a resistência o mais baixo possível, o que provoca um grande impacto no consumo de hidrocarbonetos e reduz as emissões e os custos de operação do navio.

 

A TecnoVeritas desenvolveu um estudo mecânico e a construção de uma plataforma robotizada, à prova de água, com cartuchos no motor e cabeças de limpeza. O uso extensivo de ferramentas de computador de modelagem sólida foi usado, assim como o uso de um conhecimento avançado de fuzileiro naval, mecânica e engenharia de fabricação.

TECNOCAT – CATALISADOR NOx – EC PRIME PROJECT

TecnoVeritas desenvolveu um catalisador de NOdo tipo SCR, chamado TecnoCat. Para o desenvolvimento deste projeto A TecnoVeritas assinou um contrato com a Universidade de Aveiro.

 

O catalisador com um suporte de aço inoxidável, foi desenvolvido de forma a poder ser reutilizado. O protótipo foi testado com sucesso no Laboratório da TecnoVeritas.

AUTOMÓVEL A HIDROGÉNIO | 2010

A TecnoVeritas desenvolveu um sistema que permite a conversão de veículos já existentes alimentados a hidrogénio.
Desde 2009, a TecnoVeritas tem um automóvel da marca Renault, modelo Twingo, alimentado a hidrogénio. O sistema foi desenvolvido e aplicado ao motor de combustão interno modificado corretamente.

 

A TecnoVeritas continua a desenvolver um sistema de produção e armazenamento de hidrogénio, o qual pode ser vendido aos utilizadores do veículo convertido. A transformação terá de ser aprovada pelas autoridades portuguesas. O sistema, já montado no veículo permite a transição de gasolina para hidrogénio e vice-versa.

 

O hidrogénio deve ser produzido de uma fonte de energia elétrica renovável originando uma “utilização verde” do veículo, com emissões de CO2 abaixo dos 0.5 g/km.

CONTENTOR DE H2 | 2010

Carbon Connections é um programa de I&D patrocinado pelo Governo Britânico cujo principal objetivo é o desenvolvimento de geração de energia limpa.

 

A TecnoVeritas desenvolveu para a Universidade de Newcastle, Sir Joseph Institute, um laboratório baseado num motor de ignição por compressão capaz de produzir energia elétrica e térmica, praticamente sem emissões de carbono.

 

O hidrogénio deve ser produzido noutra instalação NaREC (National Renewable Energy Centre UK), enquanto combustíveis bio podem ser misturados e condicionados neste laboratório.

 

O motor de Ignição de Compressão pode ser abastecido com hidrogénio ou misturado com combustíveis bio e hidrogénio ou então só com combustíveis bio.